sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Lula pede apoio a Obama para resolver crise em Honduras

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira (24) que falou com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sobre a necessidade de os dois presidentes conversarem sobre Honduras. Lula falou com jornalistas em Nova York, antes de embarcar para Pittsburgh, onde acontece a reunião do G20.


"Encontrei na entrada com o presidente Obama e nós combinamos de conversar de Honduras em Pittsburgh onde nós vamos ter mais tempo, vamos ficar mais juntos", disse o presidente. Ao ser questionado sobre se iria pedir o apoio de Obama para uma intervenção do Conselho de Segurança das Nações Unidas em Honduras, Lula disse que "certamente" irá pedir o apoio do norte-americano.

Lula voltou a defender o presidente de Honduras, Manuel Zelaya, que está abrigado na embaixada do Brasil desde segunda-feira (21), e disse esperar que o governo golpista preserve a integridade da embaixada brasileira. "Esperamos que o governo golpista não faça nada com a embaixada brasileira porque isso faz parte de convenções internacionais, sempre foi assim na história do mundo moderno".


Fonte: G1